jun 282011
 

Dermatite autoimune que pode levar a perda total da visão, chamada Síndrome Úveo Dermatológica (SUD), acomete mais comumente cães da raça akita, chow-chow, husk siberiano e samoieda, mas pode também acometer outars raças.

O primeiro sinal é a inflamação intraocular, chamada de uveíte, acompanhada de fotofobia e baixa acuidade visual diminuindo a visão, com dificuldade para enxergar em ambientes muito claros. Outros sintomas são a despigmentação da pele, nariz, lábios, pálpebras, vulva, escroto, ânus e coxins plantares. Também pode apresentar vermelhidão e até erosões e crostas na pele quando expostos à luz solar. Além de valorizar os sintomas é necessário realizar histopatológico da lesão afetada.

Toda atenção aos menores detalhes é importante, por ser uma doença autoimune, que não é tão aparente consistindo na destruição imunomediada da melanina ou dos tecidos com melanina, evoluindo até para o deslocamento da retina, como afirma a veterinária Danielle Pereira do Portal Educação.

Se for diagnosticado precocemente a cegueira pode ser evitada, pois o prognóstico para visão é ruim. O tratamento é feito com altas doses de corticoides, via oral e tópico (colírio). O quadro inflamatório pode ser reversível, mas o cuidado é para a vida toda.

O prognóstico para a visão para essa síndrome é reservado e quanto mais jovem o animal apresenta os sintomas mais severa é a doença.


Adcionar no Orkut

  One Response to “Síndrome úveo-dermatológica em cães pode provocar perda da visão”

  1. … [Trackback]…

    [...] Read More Infos here: blog.dianaserra.com.br/?p=1082 [...]…

 Leave a Reply

(required)

(required)


5 + dois =

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

More in Direito Animal, Meio Ambiente (1595 of 1672 articles)